Friday, November 23, 2007

A NOITE PASSA

...E a noite passa,
...e o sono aparta,
...de mim e de ti!
Dúvidas que me restavam,
mágoas que me arrasavam,
e tudo o mais que sofri!

Se corresse por este mundo fora,
vibraria em mim onda de alegria,
não veria paixão como a de agora,
ou maior sorrir ou tanta harmonia!

Contigo vou sonhar, bem acordada,
para sentir teus passos no caminho,
se chegares tarde, já de madrugada,
abrirei meus braços, dar-te-ei carinho.

Fernanda

8 comments:

PoesiaMGD said...

Muito bonito!
Um abraço


http://www.escritartes.com/forum/index.php?referredby=3

Fernanda e Poemas said...

Queridos amigos, criei um novo blogue de sonetos.
Quem me quisar visitar é bem vindo.

fernandasonetos,blogspot.com

Muitos beijinhos,
Fernandinha

david said...

À semelhança de todos os outros este é mais um lindíssimo poema. Gosto muito de passar por aqui... é sempre um enorme prazer.

Rui Caetano said...

A noite passa, mas o sonho permanece, a vida corre nos braços do tempo, mas nós construímos a nossa felicidade em cada espaço desse tempo, que também é nosso.

SILÊNCIO CULPADO said...

Um amor imenso de quem tem capacidade para o sentir em toda a sua plenitude. Um amor-amor que não se ensombra com raivas, que não perde a força nem a generosidade. Que é sempre amor.

São said...

Darás carinho, muito bem...mas se merecer, querida!
Abraços.

M@ri@ said...

Ola minha linda amiga
Desculpa so agora te visitar,mas tenho o pc estragado nao consigo comentar.
Nem sei como hoje tou a conseguir.
Vim te desejar um lindo fim de semana cheio de paz.
Deixo te um Big Kiss
xoxoxoxxx
M@ri@

Fernando Santos (Chana) said...

Belo Poema
Obriga pelo carinho.
Bjos