Saturday, January 17, 2009


Fotos da Ilha do Faial!...



FLORES, MAR E VENTO!...

Fogo, luz, vento, mar,
quatro palavras, amor,
que tanto fazem lembrar,
as tuas faces rosadas,
o brilho do teu olhar,
teu cabelo a esvoaçar,
teu sorriso de encantar
espera Olha em redor
que vês? Destruição!
Caminha Vai a correr
cerra teus olhos criança,
toma isto como exemplo,
e não construas teu mundo,
sobre barras de cimento
mistura um pouco de amor,
para que ele não alua.
Os construtores deste mundo,
só pensaram no poder,
em luxos e em vitórias,
em dinheiro e em glórias,
até já foram à Lua, a Marte irão talvez
mas tu Criança, não queiras nada do que vês
tudo é oco, tudo é vazio,
e a riqueza Não é mais do que tristeza.
Constrói um Mundo de amor, de ternura e amizade,
e terás então por fim, concebida a felicidade.

Texto & Fotos;

Fernanda Costa

Lisboa, 17 de Janeiro de 2009
Posted by Picasa

14 comments:

manuel marques said...

Não somos nada, sem felicidade .

Jorge P.G said...

Uma bela mensagem para os mais pequenos!

Então, Fernandinha, andas fugida... Olha, ainda bem que não segues nenhum dos meus blogues no meio da centena que apresentas.
Detesto que me sigam.
Basta-me que gostes um pouquinho deles, como dizias de cada vez que lá ias.

Tudo de bom para ti.

Cidinha said...

Oi querida amiga

Estava com saudade!Que palavras forte...que imagens belas...realmente amor é tudo de bom.Muito real este seu pomea.


Grande abraço
Cidinha

paula barros said...

Uma bela mensagem.

Precisamos nos construir no amor e para o amor. Ser, ante de tudo.

abraços, belo domingo.

gaivota said...

mar e vento e flores, tudo o que podemos sonhar na imaginação de uma linda criança que ainda está viva nalguns de nós, os crescidos...
beijinhossssssssssssssss

Brancamar said...

Uma bela mensagem para as crianças e jovens do nosso tempo. Bem que vão ter que trabalhar muito para reparar o estranho mundo que lhes deixamos como herança.
As fotos são como sempre de perder a respiração. Que mar Fernandinha e como me apetecia estar ao pé dele!
Beijinhos.
Branca

PURO AMIGO said...

Olá
Belo texto, caprichado.

Estou cansado de lutar,
Sinto-me perdido no amar.
Desilodi-me na procura,
Desse unico e remoto lugar.

Amizade
LUIS 14

Nós said...

Olá Fernanda, vim não somente agradecer por sua visita ao nosso blog, mas também dizer que seu blog está lindo. Essas fotos combinadas com as reflexões que você posta deixam seu blog encantador. Sempre que eu puder estarei por aqui te visitando, admirando as paisagens e as reflexões.

Beijos carinhos e um bom dia

Maria João said...

Muito bonito ... :)

beijos

vida de vidro said...

É tão bela a natureza e a humanidade constrói um mundo de injustiça. Gostei da mensagem do teu poema. **

Helena Paixão said...

Duas fotos magnificas (a segunda está um espectáculo!!!) acompanhadas por um poema com uma belissima mensagem. Fernandinha, estás triplamente de parabéns! :-)

Bjocas com muita amizade

Fernando Santos (Chana) said...

Olá Fernadinha...Espectacular...
Beijos

Esterança said...

Oi querida,

depois dá uma passada no meu blogue, tem presentinho para vc lá!


Bjs!
Ester*

SILÊNCIO CULPADO said...

Fernanda

Majestosa mensagem com fotografias esplêndidas.
Quanto mais a sociedade de consumo evolui no sentido da competitividade doentia mais infelizes e solitárias as pessoas se tornam. Sim, o amor é a resposta para tudo.
Entrar nos teus espaços é sentir o amor em plenitude. Por isso eles se tornam tão belos.


Abraço