Monday, March 24, 2008

RETORNO

Retorno ao ponte de origem, visito os
Caminhos por onde pisei,
Recordo a menina travessa, a querer
Ultrapassar os limites e a deixar
Que a vida tome o seu corpo e alma.
A memória guarda os pedaços
Da minha história e em cada recanto.

Encontro-me.
Os olhos vagueiam e sentem a natureza
Gritando a sua força.
Recordo as minhas idades, 9, 10, 11 anos,
Caminho sem pressa, afasto as pedras,
Como flores, falo com elas…

São faladoras: contam-me as suas cores,
Do cheiro, da beleza e dos seus amores.
A memória lembra e não quero o seu
Fenecimento.

O rosto de hoje mudou,
Sou outra e sou a mesma.
O sol a declinar e a menina ali a observar
O crepúsculo a se esvair
Aos poucos, despedindo-se sem
Traumas, num adeus sereno,
Sem deixar lágrimas, na doce previsão
Do seu retornar.
A menina e eu na mais incondicional cumplicidade.


Fernanda

12 comments:

gaivota said...

fernandinha
este regresso ao passado ocorre-nos
em certas caminhadas da vida
recordamos os dias e os tempos de juventude e os percursos já andados
mas a nostalgia não deve acompanhar
esses passos...
beijinhos e todo o carinho

Rocket said...

Tempo.
Não existe. Apenas a sua marca...
Não tenho grandes memórias da infância, excepto num curto período. Até mesmo esse, passado no jardim dos anjos, onde brincava, em confronto co a realidade do local de hoje...enfim.
Invejo as tuas memórias. Pronto. Está dito.

Beijinhos

xistosa said...

É inexorável, temos o nascimento do Sol, (gosto dele com letra gorda e inchada do calor que nos irradia), o passar dos dias, das estações e um dia chegamos ao apeadeiro do ocaso.
Mas recordar, bons ou maus momentos, tudo fez parte do passado é sempre bom.
Talvez, se recuássemos no tempo, voltássemos a fazer tudo igual.
Não me arrependo de nada do passado.
Até do muito mau.

A paisagem humana é sempre para um crepúsculo.

Gostei muito do "Retorno"!

Ana Pallito said...

Perdi a pressa na bolsa de encantos.

Menina és querida \()/

Brancamar said...

Fernandinha,
Belas recordações de infância!
Às vezes sabe bem recordar...e é tão bom quando guardamos sempre dentro de nós sempre aquela menina que éramos...!
Muitos beijinhos

São said...

Que doce regresso ao passado este teu : fico feliz por ser assim!
Feliz semana, amiga.

São said...
This comment has been removed by the author.
poetaeusou . . . said...

*
fernandinha
,
retorno a ... ???
,
conchinhas, vilventes,
,
*

Acordomar said...

queria tanto retornar...

um grd grd beijinho;*

C Valente said...

Saudações amigas com um beijo

BANDEIRAS said...

Bom dia Querida,

É gostoso falar com vocês amigos do além amar, tudo bem ai em Portugal?
Obrigado pela visita, o seu blog é bonito assim como você.
No meu blog agora é outono.
bjs

JOSÉ FARIA said...

Vamos lá, vamos lá!
Viver cada idade e cada momento.
Saibamos saborear cada pedaço de tempo, do nosso tempo.
Beijos Nanda