Tuesday, January 08, 2008

VEJO O SOL...

Vejo o Sol ,
olho o Mar,
medito...
Mergulho na solidão.

Se no sonho eu acredito,
tento sentir a emoção,
que em qualquer ser aflito,
vibra como um trovão.

Navega no luar prateado,
a cor da paixão que me abala,
cintilam no céu estrelado,
os beijos que minha boca cala.

No celso luzir da estrela,
vivo um acolhedor momento,
ampliado no vidro da janela,
oculto no meu pensamento.

Nasceu hoje a felecidade,
raiando mais que o luar,
surgiu doce a liberdade,
ao conseguir-te abraçar...

Fernanda

9 comments:

São said...

Que sejas sempre livre, então.
Feliz ano novo!

FERNANDA & POEMAS said...

Olá São, deixei uma prendinha para ti, no Natal e Ano 2008.
Ainda estão lá, podes ir buscar.
Um grande abraço e muitos beijinhos.
Fernandinha

Fernando Santos (Chana) said...

Olá Fernanda, espctacular poema!
Beijo
Chana

PoesiaMGD said...

Gostei de te conhecer! Deixo um abraço e um convite:
http://www.escritartes.com/forum/index.php?referredby=3

lua prateada said...

Querida Fernandinha , navegar no mar prateado é mesmo para mim !...ainda por cima nesse dia que mais um ano passou por mim e quão bom é quando eles vão passando...

Quando lá passas
Minha lua desabroxa
Continua,sê firme!...
Tal uma rocha.

Beijinho prateado com carinho

Feliz fim de semana!

SOL

David said...

Adoro todo o poema, mas a parte final tem qualquer coisa que faz como tudo o resto pareça distante... Um excelente poema... Que vejas sempre o sol.

Um beijinho

Brancamar said...

Que tenhas sempre essa alegria e felicidade.
Muitos sonhos lindos.
Uma boa semana
Bijinho.

São said...

Amiga, a Luz da Manhã espera por ti lá em casa.
Agradeço que a ceites.
Semana iluminada!

Maria Clarinda said...

Lindooo! Jinhos mil